Em destaque

Polícia Militar prende o casal acusado de matar homem no Aimorés

O crime foi durante a madrugada, o casal foi preso pela Polícia Militar e confessou o crime. (Foto: Portal Momento)

Um homem foi morto de forma brutal na madrugada dessa quarta-feira (6), no bairro Aimorés, área norte de São Gabriel da Palha, o corpo de Geraldo Pereira Leite, foi encontrado por policiais militares que receberam uma denúncia ás 7:30 da manhã, informando que um homem e uma mulher teriam saído de uma residência no beco 02 carregando sacolas com lençóis e e roupas sujas de sangue e jogado no lixo, isso chamou a atenção dos moradores.

Em seguida o casal foi visto com bolsas de roupas na avenida Bartimeo Gomes de Aguiar; ao chegar no local da ocorrência os policiais foram informados que o casal havia saído em direção ao asfalto, os policiais iniciaram uma diligência e encontraram o casal  Alesandro Azevedo Ferreira, de 34 anos e Renata Gomes da Silva, de 28 anos; eles foram abordados e conduzidos até o local da denúncia. De acordo com os soldados Wolkart e Ferreira, quando chegaram na residência notaram que o chão da casa estava molhado e a porta trancada, os militares chamaram o morador por diversas vezes e ninguém atendeu, a porta foi  então arrombada e o corpo de Geraldo foi encontrado dentro do banheiro, com cortes profundos no pescoço e no tórax onde os órgãos estavam expostos.

Os policiais perguntaram ao casal se eles estiveram na residência, e Alesandro negou, disse que saiu por voltas das 6h para ir a uma consulta médica que estava marcada e deixou o senhor Geraldo em casa, já a mulher disse que não esteve na casa e que dormiu na casa de um tio, o casal estava muito nervoso e foram detidos por suspeita de participação no crime.

Durante conversa com os policiais o homem confessou que matou Geraldo usando uma faca, pois a vítima o teria ameaçado; a mulher deu uma nova versão e disse que estava na casa junto com Alesandro, que é seu marido e a vítima; segundo ela eles estavam bebendo cachaça e por volta das 21:30h começou uma discussão com ela e seu marido e moravam na casa da vítima a cerca de três meses, e que a vítima se envolveu na confusão pedindo que Alesandro parasse a discussão e ficasse quieto, pois ele queria dormir. Ainda segundo a mulher, nesse momento seu marido pegou uma faca e foi pra cima da vítima que foi morto dentro de um dos quartos da casa; em seguida o acusado arrastou o corpo até o banheiro e ela limpou o sangue e lavou o chão da casa; A mulher contou ainda que logo depois saíram para comprar e usar drogas e no começo da manhã voltaram para buscar suas roupas e que pretendiam fugir para a Bahia. A PM recebeu denúncia anônima informando que a vítima teria recebido o salário de sua aposentadoria no mesmo dia em que foi morto, e que o casal teria roubado o dinheiro para comprar drogas.

Os lençóis e as roupas sujas de sangue foram jogados no lixo e foram recolhidos pelo caminhão da coleta, a faca usada no crime foi encontrada pelos policiais e apreendida. O casal foi preso em flagrante e levado para a delegacia de Polícia Civil, onde prestaram depoimentos. Na saída da delegacia, quando eram conduzidos para o presídio, Alessandro confirmou  ao Portal Momento que matou a vítima, já Renata, disse que ajudou a limpar o local do crime, esconder o corpo e jogar os lençóis sujos de sangue no lixo; perguntado sobre a hipóteses da retirada de algum órgão da vítima, ela disse que seu marido retirou apenas a língua e não soube dizer o que foi feito com a mesma.

De acordo com a Polícia Civil Alesandro foi autuado por homicídio qualificado, ocultação de cadáver e alteração do local do crime; a mulher foi atuada também por alteração na cena do crime e ocultação de cadáver, a polícia não descarta a participação dela no homicídio. O homem foi conduzido para a penitenciária de São Domingos e a mulher para a penitencia feminina em Colatina.

Categorias
Em destaqueRegional
FACEBOOK