Geral

Papa emérito Bento XVI afirma em carta que se prepara para a morte

Desde sua revolucionária renúncia ao cargo, em fevereiro de 2013, ele vive sua aposentadoria em um pequeno mosteiro no Vaticano
Roma-Itália – Quase cinco anos após sua renúncia como líder da Igreja Católica, o papa emérito Bento XVI escreveu uma carta publicada no jornal Corriere della Sera afirmando que está se preparando para sua última viagem, em referência à morte. “No lento enfraquecimento de minha força física, interiormente estou em peregrinação para a Casa (do Senhor)”, escreveu Joseph Ratzinger ao jornal.
O jornal italiano informou ao papa que inúmeros leitores estão preocupados com seu estado de saúde. Bento XVI se declarou comovido com o fato de “tantos leitores se interessarem em saber sobre este último período de sua vida”. “É uma grande graça para mim estar cercado neste último trecho de caminho, às vezes um pouco fatigante, de um amor e uma bondade tais que não teria podido imaginar”, escreveu o alemão.
Desde sua revolucionária renúncia ao cargo, em fevereiro de 2013, ele vive sua aposentadoria em um pequeno mosteiro no Vaticano, na companhia de quatro religiosas e de seu secretário-pessoal, Georg Gänswein. Há dois anos, Gänswein anunciou que o papa emérito estava “apagando como uma vela, lenta e serenamente”. Bento XVI completa 91 anos no dia 16 de abril.
Segundo um alto prelado do Vaticano, Ratzinger celebra a missa todos os dias, reza muito e recebe visitas escalonadamento, além de uma grande quantidade de correspondências. “Já não tem controle de suas mãos, não pode tocar piano, vê muito mal, mas tem a lucidez perfeita, se recorda de tudo”, descreveu, no ano passado.
Com informações da Agência France-Presse
Categorias
GeralMundo
FACEBOOK