Esportes

Governo autoriza funcionamento de academias a partir desta segunda



PUBLICIDADE



As academias de ginástica poderão retomar suas atividades a partir desta segunda-feira (25), em todo o Espírito Santo. A autorização foi publicada em edição extra do Diário Oficial no último sábado. A portaria estabelece uma longa lista de regras e recomendações a serem obedecidas tantos pelos estabelecimentos quanto pelos seus clientes.

Entre as regras o número de alunos dentro das academias será proporcional ao tamanho do local e também vai variar conforme a situação no município no mapa de risco desenhado pela Secretaria da Saúde. As atividades aeróbicas estão vetadas nas cidades de médio e alto nível de risco, como os da Grande Vitória. “Para Municípios classificados como de nível de risco moderado ou alto é possibilitado o funcionamento apenas para atividades não aeróbicas, restritas a treinos de baixo impacto, garantindo sempre espaçamento mínimo de 4,0m (quatro metros) entre aparelhos/usuários”, diz o texto.

A portaria também estabelece espaço mínimo entre os aparelhos de ginástica. Os alunos terão de fazer o agendamento de suas aulas, e os proprietários terão de controlar o número máximo de pessoas presentes ao mesmo tempo no local. “Estabelecimentos com área igual ou superior a 45 m2 e menor que 60 m2 máximo de 3 alunos por horário de agendamento”, diz um dos trechos da portaria. Esse número máximo varia conforme o tamanho da academia.



Esportes de contato, como lutas, futebol, estão proibidos. Além disso, o governo estabeleceu uma série de procedimentos a serem adotados pelas academias, como distribuição de álcool gel, intervalo mínimo para agendamento, limpeza de tapetes e equipamentos a serem usados pelos alunos, demarcação de distanciamento entre equipamentos

A portaria traz também regras e sugestões a serem seguidas pelos alunos. O uso de máscara será obrigatório; é recomendada “a utilização de calçado sobressalente para troca”, além de higienização dos pés antes de entrar no local, e limpeza constante das mãos.

A autorização para funcionamento das academias acontece depois de uma série de negociações entre o governo e os proprietários desses locais. Elas foram fechadas, juntamente com o comércio, em 21 de março, como parte das medidas para combater a pandemia do novo coronavírus. As academias que funcionam dentro de shopping centers estão sujeitas à portaria que regula os shoppings, ou seja, permanecem fechadas.

Associação rejeita regras para reabertura de academias

“A Associação das Academias de Ginástica do Espírito Santo (ACAGES) vem a público prestar esclarecimentos aos estabelecimentos voltados à promoção de saúde e ao bem-estar dos cidadãos capixabas, bem como aos demais interessados quanto às medidas impostas pelo Governo do Estado para a reabertura das academias.

A ACAGES não reconhece a divulgação das novas normas do Governo do Estado, que visa a atender 5 alunos, no máximo, por hora, inclusive para estabelecimentos com mais de 75m². Da maneira como foram apresentadas, tais medidas atendem apenas aos pequenos estabelecimentos, como studios, gerando inviabilidade técnica e financeira de funcionamento, especialmente no que diz respeito às academias de médio e de grande porte.

Essa inviabilidade acarretará, sem dúvidas, o fechamento de empresas e, consequentemente, promoverá a perda de postos de trabalho de diversos colaboradores, que dependem de seus esforços para manutenção do bem-estar de suas famílias. Esperamos ansiosos por medidas mais adequadas e mais justas ao atendimento de nossos clientes, logicamente, dentro de todas as normas de segurança especificadas pela OMS”. (fonte: ES360)


Categorias
EsportesEstadoNotícias
PUBLICIDADE
------- PUBLICIDADE -------

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Close Bitnami banner
Bitnami