Economia

Hartung anuncia reajuste salarial de 5{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5} para servidores do ES

Após três anos sem nenhum aumento, o salário dos servidores ativos, inativos e pensionistas do Estado do Espírito Santo será reajustado em 5{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5}, agora no último ano do mandato do governador Paulo Hartung (MDB). O aumento será dado a partir deste mês de abril; o índice é bem abaixo da inação acumulada entre abril de 2014 e fevereiro de 2018, que é de 26,88{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5}. O Governo do Estado vai encaminhar à Assembleia Legislativa, ainda nesta segunda-feira, 02, um projeto de Lei com o reajuste.

Além da diferença no salário, o Governo ainda vai propor uma revisão no bônus-desempenho pago ao professor e no auxílio-fardamento. O impacto das mudanças será de R$ 269 milhões por ano aos cofres do Estado. A secretária de Gestão e Recursos Humanos, Dayse Lemos, justificou a queda nas receitas do Estado para não ter concedido o aumento salarial antes. “Desde 2015, nós estamos trabalhando com muita responsabilidade para conseguir manter as despesas dentro das receitas arrecadadas. Em 2015, nós tivemos queda de receita. Em 2016, nós tivemos queda de receita. Somente a partir do segundo semestre de 2017 é que as receitas começaram a dar sinal de melhora”, afirmou Lemos.

De acordo com o Banco Central, a inação acumulada no período em que os servidores estaduais ficaram sem reajuste foi de 26,88{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5}. O secretário de Planejamento, Régis Mattos, disse que o valor de 5{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5} foi o máximo que o Estado pode fazer para manter as contas em dia. Explicou ainda que precisou observar o desempenho da receita nos três primeiros meses do ano antes de conceder o reajuste. “Foi o máximo que pudemos chegar levando em conta três parâmetros: o equilíbrio entre receitas e despesas, nosso compromisso de não gastar mais do que arrecadamos, mantendo os pagamentos em dias; não extrapolar o limite de responsabilidade fiscal e não estourar o teto de gastos.

O governo também anunciou um ajuste no bônus do professor – pelo desempenho coletivo e individual. Antes, o benefício era de até um salário anual e agora será de 1,5 salário por ano. Também foi reajustado o auxílio- pago aos policiais militares, bombeiros e agentes da Sejus, que passará de R$ 1,2 mil por ano para aproximadamente R$ 1,6 mil por ano para a compra de fardamento.

Categorias
EconomiaEm destaqueEstadoNotícias
FACEBOOK