Em destaque

Polícia Civil conclui inquérito do casal acusado de matar homem a facadas no Morro do Aimorés

A Polícia Civil de São Gabriel da Palha concluiu o inquérito que investigava a morte do aposentado Geraldo Pereira Leite, de 53 anos, ele foi morto a facadas e teve parte do corpo esquartejado, o crime aconteceu na madrugada do dia 6 de junho no morro do Aimorés. O casal Alessandro Azevedo Ferreira, de 34 anos e Renata Gomes da Silva, de 28 anos foram presos na manhã seguinte ao crime, naquela ocasião Alessandro confessou ter matado o aposentado após ter sido ameaçado depois uma briga que tiveram, o casal morava junto com o aposentado a cerca de três meses.

Segundo o delegado Bruno Alves Rodrigues, a investigação concluiu que inicialmente, Renata foi indiciada por dois crimes: fraude processual, fraude processual, quando o indiciado pratica atos de destruição de provas e alteração do local do crime e ocultação de cadáver.

“Quanto ao acusado Alessandro, ele foi autuado, desde o início, pela prática do homicídio qualificado por motivo fútil, além de fraude processual e ocultação de cadáver”, disse o delegado.

O delegado falou ainda de um ponto importante da investigação, “Com a continuidade das investigações, chegamos à conclusão que de que a mulher também participou do homicídio, agindo em concurso com o marido; Ela não foi a executora principal, mas sua conduta demonstrou sua participação no resultado da morte”, ponderou o delegado.

De acordo com  o delegado, as penas em abstrato, ou seja, antes da sentença condenatória, resultam em 37 anos de reclusão, eles continuam presos aguardando julgamento.

Relembre o caso

Polícia Militar prende o casal acusado de matar homem no Aimorés

 

Categorias
Em destaqueNotícias
FACEBOOK