Economia

Sicoob tem expectativa de liberar R$ 178 milhões em operações de Funcafé neste ano safra

O Sicoob ES começa a repassar R$ 178,5 milhões a agricultores para o financiamento da cafeicultura no Espírito Santo, a partir do próximo dia 24. Os recursos, provenientes do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé), podem ser usados para o pagamento de despesas relacionadas ao custeio da produção e à estocagem do grão. Já os torrefadores têm a opção de adquirir café diretamente dos produtores.

Segundo o presidente do Sicoob ES, Bento Venturim, o valor disponibilizado para a safra 2018/2019 é significativo, e superou em 61{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5} o valor liberado no ano passado. É possível contratar até R$ 3 milhões de recursos do Funcafé para o custeio e até R$ 4,5 milhões para a estocagem. O montante será liberado em parcela única, a uma taxa a parti de 7{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5} ao ano. 

“O Fundo é o melhor meio de atender o cafeicultor. Com esse recurso, o produtor fica isento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) e, se houver uma variação brusca nos preços, ele será amparado”, afirma Venturim, ressaltando que o Sicoob ES é o maior repassador de recursos do Funcafé no Estado.

Financiamentos

Venturim destaca que o Sicoob é o segundo maior financiador do agronegócio no Espírito Santo e trabalha com outras linhas específicas para segmento. “Disponibilizamos desde modalidades para cobrir as despesas decorrentes da produção até a industrialização. As condições e os prazos variam de acordo com o retorno do empreendimento”, afirma. Para contratar o financiamento, o produtor precisa ter a posse da propriedade e estar em dia com os impostos e com as leis trabalhistas. As garantias do contrato são negociadas de acordo com a operação.

Fonte: Vera Comunicação
Categorias
EconomiaNotícias
FACEBOOK