Em destaque

Três pessoas envolvidas com o tráfico de drogas no distrito de Fátima e homicídio em Vila Valério são presas em operação da PC e PM

Uma operação deflagrada pela Polícia Civil com o apoio da PM resultou na prisão de três pessoas envolvidas com o tráfico de drogas no distrito de Fátima, na divisa de Jaguaré com Vila Valério, a operação foi realizada na manhã desta quarta-feira (10) e contou com a atuação de policiais civis, militares da P2, Força Tática  e com apoio de cão farejador. A operação foi coordenada pelo delegado Rafael Caliman e pelo capitão Cleiton, comandante da 3ª Cia da Polícia Militar.

Os policiais iniciaram as buscas  no “Beco do Machado”, distrito de Fátima logo no início da manhã onde foram cumpridos 6 mandados de busca e prisão, o nome dos presos não foi revelado pela polícia, entre eles está um adolescente e um indivíduo que possui envolvimento em um homicídio ocorrido em Vila Valério no dia 5 de maio deste ano, na ocasião a vítima Everton Strelow (Mamão), de 32 anos foi morto a tiros após se envolver em uma confusão em um bar, o atirador já foi preso em uma operação da PC realizada no mês passado.

Segundo o delegado Rafael Caliman, outros dois envolvidos continuam sendo procurados, “Sabemos esse indivíduo na qual prendemos hoje estava junto com o atirador em uma moto, enquanto outros dois comparsas os acompanharam em outra moto. Esses dois rapazes, que ainda continuam foragidos, ficaram incumbidos de cercar a vítima em uma emboscada, para que fosse efetuasse os disparos”, disse o delegado.

Em Vila Valério os policiais efetuaram a prisão de uma mulher de 27 anos, no Bairro Nossa Senhora da Penha, de acordo com a polícia ela tem uma suposta ligação com uma associação criminosa que atua no tráfico de drogas: “Ela e o adolescente detido em Jaguaré são apontados como integrantes de uma associação voltada ao tráfico de drogas que age tanto em Vila Valério e Jaguaré”, falou Caliman.

Ainda em Vila Valério policiais civis acabaram apreendendo um veículo HB20 preto, segundo o delegado o veículo estava circulando no centro de Vila Valério quando foi abordado, o veículo apresentava sinais de adulteração, o  que levou a condução do motorista  para a delegacia e disse que pegou o veículo emprestado com seu sogro , “Durante a oitiva, adulteração foi comprovada e o conduzido acabou liberado, nos próximos dias o proprietário do automóvel será inquirido, ele poderá responder por receptação, que tem uma pena de até 4 anos de reclusão”, ponderou o delegado.

Categorias
Em destaqueNotíciasPolicial
FACEBOOK