Mundo

Ataque de 11 de setembro ás torres gêmeas completa 18 anos

O ataque terrorista que derrubou as torres gêmeas do World Trade Center completa 18 anos, em 11 de setembro de 2001 o mundo parou e acompanhava ao vivo pela televisão o momento em que aviões eram usados para atingir as torres, em Nova York. Esse é considerado o maior atentado terrorista da história, é consenso que o país continua lutando contra atos de extremismo. A maior das ameaças, entretanto, não parece mais partir de radicais islâmicos do Oriente Médio, como aqueles que orquestraram o ataque às Torres Gêmeas em 2001.

“Nos Estados Unidos de hoje, é muito mais provável que você seja vítima de um ataque da extrema-direita doméstica do que de uma organização islâmica. O grande problema não é mais o Estado Islâmico, a Al Qaeda, e sim a ultradireita nacional”, resume o professor doutor Kai Enno Lehmann, do Instituto de Relações Internacionais da USP (Universidade de São Paulo).

Foi no último mês de agosto, aliás, que o presidente Donald Trump usou, pela primeira vez, a expressão “terrorismo doméstico” para qualificar os tiroteios em massa que deixaram mais de 30 mortos em um intervalo de 48 horas nas cidades de El Paso, no Texas, cujo responsável é suspeito de disseminar mensagens de racismo e xenofobia pela internet e Dayton, em Ohio.

Com informações: R7

Categorias
MundoNotícias
FACEBOOK