Notícias

Cappitella em Nova Venecia atrai turistas e entra para o calendário cultural

Nova Venécia é considerado um pedaço da Itália no Espírito Santo, e pelo segundo ano consecutivo um grupo da da cidade busca resgatar as tradições italiana. Nova Veneza, Nova Venézia ou simplesmente Nova Venécia,  o município foi fundado por imigrantes italianos e a mais de 60 anos preserva os costumes e a tradição. A  Cappitella, foi um sucesso, e durante os três dias de festa, milhares de pessoas passaram pela Praça Adélio Lubiana, no bairro Beira Rio, local onde estavam montadas as tendas e o palco principal do evento.

A Cappitella surgiu a partir da junção das palavras: Cappelletti e Tagliatella, dois pratos típicos da culinária italiana muito comum no Município de Nova Venécia, Noroeste do Espírito Santo. Depois do sucesso da primeira edição em 2017, a comunidade veneciana mais uma vez se mobilizou para a realização da segunda edição do evento que aconteceu entre os dias 24 a 26 de agosto.

Foram três dias com várias atrações culturais, apresentações, comidas típicas e grupos de dança italiana, junto as atividades culturais, um verdadeiro festival gastronômico, tendo como pratos principais: Cappelletti, Tagliatelle, Polenta e linguiça, dentre outras iguarias da culinária típica italiana.

No sábado, logo no começo da manhã aconteceu o “Carrettino della Cappitela”, um cortejo cultural das famílias com carros enfeitados e moradores vestidos a caráter e tocando concertina  pelas principais ruas da cidade com a distribuição de vinho, e muitos quitutes da culinária típica. No domingo uma missa em italiano foi celebrada pelo padre Domenico Salvador, na igreja matriz da cidade.



A realização da Cappittella tem como propósito principal o resgate da cultura italiana e a valorização da gastronomia local, a geração de renda, tendo como objetivo ser mais um evento referência da cultura capixaba. Este ano o evento também fez refência as comemorações dos 130 anos da imigração italiana em solo veneciano.

O coordenador da festa, Otamir Carloni, destacou a importância dos envolvidos na organização do evento. “Temos um grupo de planejamento de trabalho que coordena o evento e compartilha com outras pessoas envolvidas. Nossa ideia é justamente envolver a comunidade. A Cappitella, se não tiver o abraço da comunidade e da municipalidade, não acontece. Nova Venécia é um caldeirão cultural com um diferencial de outras cidades. Nossa história foi construída por várias etnias. Todas essas precisam ser valorizadas e a cultura italiana é um desses elementos. Somos gratos a todos os envolvidos nesta causa”, frisa Carloni.

 

Categorias
NotíciasRegional
Facebook Pagelike Widget
------- PUBLICIDADE -------