Política

Deputado Danilo Bahiense cobra mais rabecões para atender o serviço de perícia no ES

A falta dos veículos utilizados para o recolhimento de corpos  foi citada pelo deputado Danilo Bahiense, na última terça-feira (13), durante uma sessão na Assembleia Legislativa, o deputado disse que a Grande Vitória só possui dois rabecões em operação. E, em todo estado seriam apenas cinco. “Os veículos disponíveis na Grande Vitória não atendem somente a esta região. Além de Guarapari, o recolhimento acontece também em Santa Leopoldina. Mesmo assim, para o serviço, existem somente dois carros disponíveis”, declarou o deputado.

De acordo com Danilo Bahiense, que é delegado da Polícia Civil, os números são alarmantes. “No período em que trabalhei mais próximo à área tínhamos um carro em Alegre, um em Venda Nova, e três em Cachoeiro, quatro em Vitória, dois em Colatina e em linhares, um em São Mateus e um também em Barra de São Francisco. Porém, os números já estão menores”, disse Bahiense.

A principal razão para a falta de veículos, segundo o deputado, é a falta de manutenção. “Os carros já chegam no pátio e começam a apresentar problemas, nas gavetas, nas suspensões. E não são levados à manutenção. Ficam carros e mais carros parados, sem funcionar”, explica.

Para o deputado a falta de rabecões pode prejudicar até mesmo as investigações criminais. “Um carro de funerária pode corromper o crime, alterar o corpo, o que atrapalha o trabalho de perícia. Bem como um único veículo para atender regiões muito afastadas prejudica a retirada dos corpos e o atendimento a quem precisa”, destaca.

Com isso, uma indicação aprovada também na terça-feira (13), deve angariar novos 14 rabecões para o Estado, além de levar os defeituosos à manutenção. “O caminho agora é enviar a medida para o Governo do Estado, para que o Governador tome providências quanto à situação. Esperamos que nossa voz seja ouvida”, disse Bahiense.

O outro lado
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública (SESP), declarou que a Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC) dispõe de 12 veículos para transporte de cadáveres – rabecões – em utilização, e três veículos em manutenção. Além disso, a secretaria informou que na última quinta-feira (8), o Governo do Estado autorizou a compra de mais 10 veículos.

Categorias
Política
FACEBOOK