Em destaque

Exclusivo: Acusados de participação na morte de moradora de rua em Vila Valério são presos em operação conjunta da PC e PM



PUBLICIDADE



Uma ação conjunta entre as Polícias Civil e Militar resultou a na elucidação e prisão dos acusados de participarem da morte de uma moradora de rua em Vila Valério, o crime aconteceu na madrugada da última quinta-feira (14), de acordo com a polícia, a moradora de rua identificada por Renata Aparecida Duarte de Almeida, de 33 anos foi morta com 4 golpes de faca, o corpo foi encontrado em meio a um matagal em um lote vazio próximo a prefeitura.

Horas depois do crime, uma força tarefa formada por policiais Civis e Militares levantaram informações que levaram a identidade da possível autora do crime, uma mulher de 44 anos, que também é moradora de rua, de acordo com a Polícia Civil de São Gabriel da Palha, além da mulher, outros 4 homens foram presos, entre eles o companheiro da vítima, todos acusados de participação no crime. A faca usada foi encontrada dentro da bolsa da acusada identificada por Cleonice Guedes, a principal motivação seria ciúme de seu companheiro (Buiú) com a vítima. Os homens acusados de participação no crime foram identificados por Luciano Santiago Ribeiro “vulgo Buiú”, de 37 anos; Manoel Lopes Ribeiro “vulgo Cara Preta” de 42 anos; Alexandre Rosa Vicente, de 28 anos e Gilson Padilha da Silva, o companheiro da vítima.

“São pessoas em situação de rua, na data de ontem (quarta-feira), a vítima que também fazia parte desse grupo de pessoas, por motivos ainda totalmente não confirmados, teve um desentendimento com uma outra mulher do grupo (Cleonice), a qual veio a agredir a vítima (Renata), isso foi durante o dia; Na manhã de hoje o corpo da vítima foi encontrado em um local próximo a Prefeitura Municipal. Após os levantamentos preliminares chegamos a esse grupo de mendigos e os conduzimos para a delegacia, após os interrogatórios concluímos que houve a participação de cinco pessoas no crime, sendo quatro homens e uma mulher, todos estão sendo autuados e serão conduzidos para o Centro de Detenção Provisória”, explanou o delegado Bruno Alves, titular da delegacia.



O delegado ressaltou o empenho e comprometimento dos investigadores que estiveram diretamente envolvidos nos trabalhos que se iniciou logo nas primeiras horas da manhã e durou cerca de 15 horas ininterruptas. Lembrou ainda da ação conjunta com os policiais militares do serviço de inteligência e também da radiopatrulha, ” Todos os policiais auxiliaram de forma efetiva na investigação, proporcionando resposta rápida”, frisou.

A vítima que também era moradora de rua foi morta a facadas, o corpo foi encontrado em um matagal próximo a Prefeitura de Vila Valério.

Leia também: Em Vila Valério: Moradora de rua é morta a facadas e corpo encontrado em matagal

 


Categorias
Em destaquePolicial
PUBLICIDADE
------- PUBLICIDADE -------

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Close Bitnami banner
Bitnami