Esporte

Flamengo e Palmeiras decidem Libertadores neste sábado

Dominantes no futebol sul-americano, Flamengo e Palmeiras decidem neste sábado (27), às 17 horas, no estádio Centenário, em Montevidéu, quem será campeão da Copa Libertadores pela terceira vez.  Os times ganharam o título continental nos dois últimos anos e duelam para ampliar o domínio na América do Sul. Essa hegemonia só foi possível graças ao processo de reestruturação financeira pelo qual passaram as duas equipes. Elas se organizaram e hoje orgulham-se de disputar e vencer títulos com frequência.

A situação confortável financeira que os dois têm hoje, com a possibilidade de trazer nomes de peso para os elencos, é resultado da reconstrução iniciada no Flamengo em 2013, com o ex-presidente Eduardo Bandeira de Mello, e em 2015 no Palmeiras, a partir da gestão de Paulo Nobre. Os dirigentes não estão mais à frente dos clubes, mas os seus sucessores deram prosseguimento aos trabalhos e o cenário hoje é positivo.

Se no começo da remodelação, foi necessário montar elencos sem grandes estrelas para ajustar as contas, hoje os plantéis são recheados de bons jogadores que decidem jogos e campeonatos. Flamengo e Palmeiras são os clubes mais ricos do País e tudo leva a crer que continuarão sendo pelos próximos anos.

“Ambos os clubes fizeram a lição de casa, que no futebol brasileiro significa reduzir a dívida e pagar salários em dia. Além disso, aumentaram bem seu faturamento, especialmente no caso do Flamengo. Mantidas essas premissas, tendem a continuar brigando nacionalmente e internacionalmente pelos títulos de todas as competições que disputem”, diz Eduardo Carlezzo, advogado especializado em gestão esportiva.



O Palmeiras se aproximou dos R$ 700 milhões em arrecadação em 2018, viu a receita cair em 2020 em virtude dos efeitos da pandemia, com um déficit de R$ 150 milhões, mas registra um superávit acumulado em 2021 de R$ 83,5 milhões e deve ampliar seu faturamento em 2022.

O patrocínio da Crefisa e da FAM rende ao menos R$ 80 milhões anualmente – pode chegar a R$ 120 dependendo das metas alcançadas. O Flamengo prevê obter receita superior a R$ 1 bilhão ao final de 2021.Os dois investiram alto em contratações nos últimos anos, embora atualmente trabalhem de formas diferentes no mercado, já que o Flamengo permanece gastando muito para se reforçar com atletas importantes, como David Luiz e Andreas Pereira que vieram neste ano.

Enquanto que o Palmeiras “fechou a torneira” em razão da política de austeridade nos últimos dois anos e passou a dar mais espaço para os jovens formados em sua base, casos, por exemplo, de Patrick de Paula, Danilo e Wesley.Mas isso pode mudar com Leila Pereira na presidência. Certo é que, independentemente de quem sair vitorioso em Montevidéu, ambos vão continuar fortes e soberanos no futebol do continente. O Flamengo joga sua terceira decisão continental. Venceu as outras duas que disputou, em 1981 (em Montevidéu, curiosamente), e em 2019, em Lima, no Peru. Esta é a sexta final de Libertadores na história do Palmeiras.

Primeiro clube brasileiro a chegar à decisão do torneio (em 1961, contra o Peñarol-URU), o clube paulista é o que mais vezes alcançou a fase decisiva da competição, ao lado do São Paulo – foi campeão em 1999 e 2020 e vice-campeão em 1961, 1968 e 2000.

Categorias
EsporteGeralNotícias
Facebook Pagelike Widget