Brasil

Gleici é a vencedora do BBB18 e leva R$ 1,5 milhão

Gleici Damasceno foi a grande vencedora do Big Brother Brasil 18. Na final disputada nesta quinta-feira (19/4), a acreana recebeu 57,28{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5} dos votos, contra 39,33{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5} do sírio Kaysar e 3,39{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5} da Família Lima.  Há muitos anos que o BBB não tinha um trio de finalistas compostos apenas por favoritos do público. E, até por isso, foi uma disputa acirrada. O último programa da temporada foi animado por shows da dupla Maiara & Maraísa, Projota e Ferrugem. Durante a edição desta quinta, o apresentador Tiago Leifert aproveitou para lembrar que as inscrições para o BBB19 já estão abertas.
Após o anúncio da vencedora, Tiago também contou a Kaysar que a Organização das Nações Unidas (ONU) ajudaria a tirar os pais do refugiado da Síria, que vive uma guerra civil. Essa era uma das justificativas do sírio para levar o prêmio de R$ 1,5 milhão para casa.

Saiba mais sobre os finalistas

Família Lima
Os participantes foram os primeiros a entrar na casa do BBB 18. Eva, Doda, Ana Clara e Ayrton entraram juntos, mas disputaram entre si, logo na primeira semana, duas vagas no jogo. Elas ficaram para Ayrton e Ana Clara, mesmo após as polêmicas envolvendo as trocas de carinho entre pai e filha. Ao longo do programa, a Família Lima conseguiu reverter a rejeição e, graças a Ana Clara, apareceram entre os favoritos por sua autenticidade e o rápido relacionamento com Breno. Pai e filha foram emparedados quatro vezes, a mais recente contra Paula, foram líderes três vezes e ganharam uma prova de imunidade.
 
Gleici
A jovem de 22 anos e natural do Acre conquistou o público com o jeito autêntico e as opiniões fortes. Durante o programa, a participante se jogou e viveu um relacionamento com Wagner. Foi emparedada quatro vezes. Em uma delas, venceu um paredão falso, em que teve o direito de sair para assistir aos colegas de confinamento em um quarto secreto para depois voltar com imunidade e com direito a emparedar um participante. Ela escolheu a “rival” Patrícia, que havia arquitetado uma votação contra ela. Foi líder uma vez.
Estudante, Gleici mora na periferia de Rio Branco, no Acre, ao lado da mãe e dos irmãos em um um local dominado por facções criminosas, com ruas esburacadas e esgoto correndo a céu aberto, e sua casa é protegida por uma simples cerca de madeira com cadeado. Filha de Vanuzia Damasceno, de 39 anos. A mãe era agredida pelo pai e, após se separar, passou a cuidar de Gleici e dos irmãos sozinha. Enquanto isso, seu pai foi assassinado há três anos e a vida passou a ficar ainda mais difícil. Vanuzia lamenta a falta de oportunidade de estudar na infância, mas trabalhou pesado para sustentar os filhos.
 
Kaysar
O refugiado sírio estava entre os favoritos mesmo antes de entrar na casa. Tudo por conta da história de vida do participante. Dentro da casa também ganhou força com o jeito brincalhão e por falar muito pouco sobre o passado. No BBB 18 se relacionou com Patrícia e ensaiou um namorico com Jéssica. Foi líder duas vezes e emparedado em quatro oportunidades. Há muitos anos que o BBB não tinha um trio de finalistas compostos apenas por favoritos do público. E, até por isso, deve ser uma disputa acirrada. Tudo indica que a Família Lima deve acabar ficando em terceiro lugar, enquanto o grande embate será entre Gleici e Kaysar. É provável que a decisão dependa dos mutirões das torcidas e da edição do programa da final — o que importa é que ambos são merecedores, com uma boa trajetória no programa e histórias de vidas inspiradoras.
Categorias
BrasilEm destaque
Facebook Pagelike Widget
------- PUBLICIDADE -------