Geral

Greve dos rodoviários chega ao 10º dia e afeta 600 mil usuários na Grande Vitória

A greve dos rodoviários chega ao 10º dia nesta quinta-feira (4), com frota reduzida na Grande Vitória. A greve afeta 600 mil usuários por dia que dependem do transporte público.  Os rodoviários querem 5{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5} de reajuste salarial e o sindicato da categoria diz que desde o dia 26, mantém a determinação da justiça para a greve: nos dias úteis, 70{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5} da frota em circulação, nos horários de pico e 50{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5} nos demais períodos.

O Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GVBus) afirma que o máximo que o setor pode oferecer é 2{9a050057d6642e325d5535ce07d5042bc3f00a2d284e1692da94b3e151c21cb5} de aumento e disse, por nota, que os rodoviários da Grande Vitória recebem o mais alto vale alimentação da categoria no País: R$ 684. Além disso, o sindicato diz que, somados todos os benefícios, o salário de cobrador chega aos R$ 2 mil e o de motorista, ultrapassa os R$ 3 mil.

O GVBus, que é o sindicato que representa os empresários, reafirmou, em nota, que não há justificativa para a continuidade da greve, e avisou que que não há mais nenhuma negociação entre patrões e empregados, ou seja, o impasse em relação ao reajuste salarial agora está mais difícil de ter um desfecho.



Fonte: Folha Vitoria

Categorias
Geral
Facebook Pagelike Widget
------- PUBLICIDADE -------