Notícias

Juiz decreta prisão preventiva dos envolvidos na tentativa de golpe á Cooabriel

As três pessoas presas em flagrante em uma operação da Polícia Civil dentro da coopertaiva de café Cooabriel em Jaguaré na manhã desta segunda-feira (6), quando tentavam aplicar um golpe de R$ 300 mil reais  por meio da venda de sacas café usando documentos falsos, passaram por audiência de custódia e tiveram a prisão em flagrante convertida para prisão preventiva. Com isso, eles vão continuar presos até finalizar o inquérito e o trabalho de investigação da Polícia Civil.

De acordo com o juiz Alcenir José Demo, da Vara Única de Jaguaré, os acusados Getúlio dos Reis Pereira, e o casal Ralph Vieira Brisson e Thamiris Fortuna, vinham aplicando os golpes em “pessoas idosas que economizaram a vida toda, para quando chegar a velhice terem uma segurança, deixando esses valores depositados em forma de saca de café, sendo subtraídos pelos autuados de forma ardilosa, organizada”, trás um trecho da decisão.

Os três foram autuados pelos crimes de estelionato, formação de quadrilha e falsidade ideológica e juntas, a pena soma mais de 10 anos de prisão caso sejam condenados. Em depoimento á polícia, Getúlio dos Reis Pereira confesou que o grupo praticou golpes anteriormente usando dos mesmo artifícios com prejuízo á Cooabriel que ultrapassa R$ 700 mil. O advogado de defesa dos acusados requereu ao juiz que seus clientes pudessem responder em liberdade com ou sem o uso de tornozeleira eletrônica, o pedido foi negado e eles foram encaminhados para presídios do sistema prisional e ficam a disposição da justiça.

Categorias
NotíciasPolicial
Facebook Pagelike Widget