Policial

Mais de 150 botijas de gás armazenadas de forma irregular são apreendidas em Pinheiros

O total de 154 botijas de gás armazenadas irregularmente foram apreendidas em Pinheiros, ao Norte do Estado, em operação policial realizada nesta quinta-feira (23). O material estava sendo armazenado de forma irregular em estabelecimentos comerciais em vários bairros do município e levaram à autuação de três homens, proprietários de revendedoras.

A Policía Civil recebeu denúncia anônima que informava a revenda de botijas de gás irregulares em comércios no município. Ao todo, cinco pontos de vendas foram fiscalizados. Os policiais se deslocaram para o bairro Canário e Colina de Pinheiros e nenhum material irregular foi apreendido. Já nas localidades de Vila Verde, Vila Nova e bairro Residencial Favaro, botijas de gás de cozinha estavam expostas de forma irregular, pois não tinham a autorização para estarem vendendo o produto.

Segundo o delegado Eduardo Mota, foram cumpridos três mandados judiciais de busca e apreensão para estabelecimentos que realizavam o armazenamento e venda irregular de botijões de gás. “Outros quatro pontos comerciais foram visitados e neles encontramos botijas de gás expostas de forma irregular, o que resultou na apreensão do produto”, explicou.

Segundo o delegado, a operação policial é extensão das operações que vêm sendo realizadas pela Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon), localizada em Vitória, visando a combater o comércio clandestino de gás de cozinha em diversos municípios do Estado.



Os produtos apreendidos foram levados para uma revenda de gás no município de São Mateus, que ficará responsável por regulamentar o armazenamento e guardar as botijas de gás de cozinha. Já os responsáveis pelas vendas foram intimados a prestar depoimento na delegacia e vão responder ao inquérito policial instaurado por crime de ordem econômica. Ninguém foi preso.

Categorias
PolicialRegional
Facebook Pagelike Widget