Notícias

Militares de Minas Gerais, Bahia e Espírito Santo participam de encontro da Tríplice Divisa

Mas de 150 policiais militares particparam na manhã da última quinta-feira (11), da formatura realizada pela Tríplice Divisa (PMES, PMMG e PMBA); o evento denominado “Congraçamento da Tríplice Divisa”, foi realizado na sede da AABB, em Montanha, área do 2º Batalhão da PMES.

Segundo o comandante do 2º Batalhão, tenente-coronel Sebastião Aleixo, a comemoração foi postergada em virtude das demandas operacionais das Organizações Policiais Militares (OPM) envolvidas. A solenidade contou com a participação do major Márcio Luiz Guilherme, comandante da 24ª Companhia (PMMG); do capitão Mota Lima, subcomandante da Cipe-Mata Atlântica (PMBA); do major Herivelton Rodrigues Amaral, subcomandante do 2º BPM; do major Leonardo Castro Cavatti, chefe da P/4 do 2º Batalhão; do capitão da Reserva Antônio Francisco Novais; do Dr. Antônio Carlos Facheti Filho, juiz de Montanha; do Dr. Helton Farias Neves, juiz de Mucurici, da , prefeita de Montanha, Iracy Balta; vereadores de Montanha, Ponto Belo e Mucurici; secretários municipais; oficiais, praças  e membros da sociedade civil.

Após a solenidade os oficiais integrantes da Tríplice Divisa se retiraram para uma reunião de alinhamento. Logo depois foi realizada uma partida de futebol envolvendo militares das três corporações, e  almoço. De acordo com o anfitrião, o tenente-coronel Aleixo, a atividade policial é uma entrega onde não existe a possibilidade de recall, ou seja, trabalhar o estímulo da tropa individualmente é indispensável para a eficiência do serviço.

“Ninguém vigia o vigilante”, pontuou o comandante, ao se referir à atuação individual de cada militar nos confins da Tríplice Divisa. “Gerenciamos pessoas, e estas são alimentadas de várias formas, porém, turbinadas pela vontade íntima”, finalizou o tenente-coronel Aleixo.



Para o major Guilherme, o evento reforçou ainda mais a aproximação das três forças policiais. Segundo o oficial foi uma oportunidade de compartilhar conhecimentos de gestão da informação na Segurança Pública, bem como fomentar debates acerca de assuntos pertinentes à atuação das Unidades.

Já o capitão Mota Lima pontuou que o encontro foi uma oportunidade de praticar a camaradagem e desenvolver permanentemente o espírito de cooperação nas corporações. “Com essa integração quem sai ganhando é a sociedade”, ressaltou o subcomandante da Caema.

Categorias
Notícias
Facebook Pagelike Widget
------- PUBLICIDADE -------