Em destaque

Operação do Gaeco cumpre mandados de busca e prisão de envolvidos em esquema de fornecimento de diplomas falsos

8 mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão foram distribuídos pelos municípios de São Mateus, São Gabriel da Palha, Fundão, Serra, Vitória, Cariacica e Guaçuí.

A Operação Pontas Soldas, foi deflagrada pelo Ministério Público do Espírito Santo (MP-ES), através do Gaeco teve início logo no início da manhã desta terça-feira (26), como um desdobramento da Operação Mestre Oculto, investigando fraudes no sistema de fornecimento de diplomas no Espírito Santo.

De acordo com a assessoria do MP-ES, 8 mandados de prisão preventiva e 12 de busca e apreensão foram cumpridos  em São Mateus, São Gabriel da Palha, Fundão, Serra, Vitória, Cariacica e Guaçuí, envolvendo diretores, sócios e funcionários de faculdades e institutos educacionais, os nomes dos presos nesta operação não foi divulgado pelo MP-ES.

Segundo o Ministério Público, os mandados cumpridos nesta terça-feira tem como objeto desarticular um amplo esquema criminoso responsável pelo “comércio” de diplomas e certificados utilizados especialmente na busca pela nomeação em cargos públicos, a maioria deles professores. A nova etapa da operação recebeu o nome de “Pontas Soltas”, devido aos novos núcleos de atuação da organização criminosa que foram identificados ao longo das investigações.



Comentar
Categorias
Em destaqueEstadoPolicial
PUBLICIDADE
------- PUBLICIDADE -------

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Close Bitnami banner
Bitnami