Linhares

Polícia Civil prende assassinos do ativista político Jonas Soprani, morto em Linhares

A Polícia Civil prendeu na manhã desta terça-feira (20), dois acusados de participação no assassinato do ativista político Jonas da Silva Soprani, de 48 anos. Os suspeitos  apontados como os executores foram presos durante uma operação em Cariacica e conduzidos para a delegacia de Linhares onde prestaram depoimento sobre o crime.

De acordo com o delegado Fabrício Lucindo, os presos são os irmãos gêmeos Cosme Damaceno e Damião Damaceno, ao saírem da viatura eles se recusaram a falar com a imprensa. O delegado Thiago Cavalcante, responsável pelo inquérito que investiga o caso, disse que não há dúvidas de que se trata de um crime com inteira motivação política, e que com a prisão dos pistoleiros, resta identificar e prender o mandante do crime. “Hoje eu tenho 100% de certeza que o crime foi de viés político. O próximo passo é identificar o mandante”, comentou o delegado.

“Eles já moraram em Linhares e, atualmente, residem em Cariacica, de modo que é rotineiro circularem entre os dois municípios. Temos a comprovação de que ambos estavam em Linhares no dia do crime e pegaram a estrada logo após o homicídio. Um dos investigados já tem passagem por outro homicídio cometido também em Linhares”, explicou Lucindo.



Categorias
LinharesPolicial