Economia

Procon Vitória: pesquisa aponta diferença no preço dos supermercados de até 300%

O tomate, por exemplo, apresentou uma variação de 180,65%, sendo comercializado por R$ 2,48 em um local e, no outro, por R$ 6,96.


PUBLICIDADE



Você, consumidor, quer saber o que têm em comum o tomate, o leite em pó, a carne bovina e a mortadela? Olhando a pesquisa realizada pelo Procon Vitória, você vai encontrar a resposta. Esses foram os itens que apresentaram a maior variação de preços, dentro dos seus respectivos segmentos, na análise comparativa de preços feita em oito estabelecimentos de diferentes regiões de Vitória, entre os dias 27 e 28 de novembro.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

O tomate, por exemplo, apresentou uma variação de 180,65%, sendo comercializado por R$ 2,48 em um local e, no outro, por R$ 6,96.

No caso do leite em pó (Integral – sachê – 800g), a diferença atinge 89,69%: enquanto um estabelecimento vende o produto por R$19,98, o outro o comercializa por R$ 37,90. Já a variação da carne bovina (corte Acém – sem osso – 1kg) ficou na casa dos 23,48%, sendo vendida por R$19,80 em um supermercado e, no outro, por R$ 24,45.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

A mortadela (Bologna fatiada, não defumada 1kg) ultrapassou a marca de 301,00%, sendo comercializada por R$ 5,98 em um local e, no outro, por R$ 23,98.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

Metodologia

A gerente do Procon Vitória, Herica Correa Souza, explica que a pesquisa faz um levantamento dos preços praticados entre itens iguais. “Os coletores de dados saem com as mesmas listas de produtos em todos os supermercados. A pesquisa compara, por exemplo, no segmento de higiene infantil, o mesmo shampoo, a mesma marca, a mesma embalagem, as mesmas especificações e medidas (ou quantidade). Ou seja, é o mesmo produto. A única diferença está no preço”, ressalta.

Herica defende que o preço tem que se tornar um fator ainda mais importante na decisão de compra para evitar o desabastecimento dos itens básicos e o superendividamento. “O consumidor deve ir às compras com uma lista em mãos e, com a informação dos valores, assim pode fazer a escolha consciente dos itens que deve levar em cada um dos supermercados”, orienta Herica.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

A pesquisa do Procon Vitória destaca 14 itens no segmento de alimentação; dois no segmento de carnes e aves; cinco no segmento de padaria; dois no segmento de refrigerantes; 12 itens no segmento de frutas e verduras; oito de higiene pessoal; sete no segmento de limpeza doméstica; e mais seis itens no segmento de higiene e cuidados infantis.

Segurança

Para o secretário de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho, Bruno Toledo, acessar a pesquisa de preços do Procon Vitória é uma forma mais rápida e segura para ter uma referência dos preços de 56 itens de primeira necessidade. (Fonte: Assessoria PMV)


Categorias
EconomiaEm destaqueVitória
FACEBOOK
PUBLICIDADE
------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE