Esportes

Rio Branco do Acre perde o único patrocinador após anúncio da contratação do goleiro Bruno

Após anúncio do acerto com o goleiro Bruno Fernandes, o Rio Branco, do Acre, perdeu o único patrocinador. Em postagem nas redes sociais, nessa segunda-feira, a rede de supermercados Arasuper anunciou suspensão do contrato com o clube devido à contratação do jogador, que cumpre regime semiaberto pelo homicídio de Eliza Samúdio.

Em nota, a Rede Arasuper informou que está suspendendo a partir desta data o patrocínio do Rio Branco Futebol Clube em virtude da contratação do goleiro Bruno, anunciada no último domingo. O apoio era de fundamental importância para o trabalho realizado pelo time junto aos jovens e crianças das categorias de base, que serão duramente penalizados. Cabe ressaltar que a empresa não tem qualquer interferência nas decisões tomadas pela diretoria do RBFC, diz o comunicado da empresa.

No domingo passado, o presidente do Rio Branco, Neto Alencar, anunciou a contratação de Bruno Fernandes como “uma das maiores da história do clube”, que disputa a Série D do Campeonato Brasileiro neste ano. O dirigente disse que o goleiro chegaria a Rio Branco nesta semana para reforçar o elenco do time já no Estadual. “Quero desejar ao Bruno Fernandes boas-vindas, que a gente consiga levar o título do Acreano e o acesso à Série C”, declarou.



Preso em setembro de 2010 pelo homicídio da modelo Eliza Samúdio, além de sequestro e cárcere privado do filho Bruninho, Bruno foi condenado a 20 anos e 9 meses. No entanto, ele cumpre a pena em regime semiaberto desde julho de 2019 e tenta se reintegrar ao futebol profissional. Revelado pelo Atlético, Bruno teve o principal momento na carreira profissional pelo Flamengo, sendo campeão brasileiro pelo clube carioca em 2009. O goleiro teve o contrato rescindido com o clube carioca após o caso Eliza Samúdio.

Comentar
Categorias
EsportesGeralNotícias
PUBLICIDADE
------- PUBLICIDADE -------

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Close Bitnami banner
Bitnami