Tiroteio nos morros da Piedade e Moscoso em Vitória termina com 3 pessoas mortas

As três pessoas que morreram estavam na pracinha do Morro do Moscoso quando o tiroteio começou. Além das mortes, um homem foi baleado no rosto e uma adolescente de 15 anos foi atingida por dois disparos.

Homens armados invadiram os morros da Piedade e do Moscoso na noite de segunda-feira (14), em Vitória. Três pessoas morreram e duas foram baleadas. Segundo testemunhas que não quiseram se identificar, foram vários tiros. As três pessoas que morreram estavam na pracinha do Morro do Moscoso quando o tiroteio começou. Um homem foi baleado no rosto e uma adolescente de 15 anos foi atingida por dois disparos. Ela seria namorada de um dos rapazes que morreu. Os baleados foram levados ao hospital por vizinhos.

O tiroteio aconteceu pouco depois das 20 horas. Com medo, muitos deles deixaram as casas e buscaram abrigo no centro comunitário. Ainda de acordo com populares, seriam suspeitos armados do Bairro da Penha, que passaram pelo Morro da Fonte Grande até chegar na Piedade, e também no Morro do Moscoso.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

Quando a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou, os baleados já haviam sido socorridos. O reforço da Força Tática chegou por volta de 21 horas, quando as equipes subiram o morro, e foram até o local onde estavam os corpos. Segundo a polícia, várias cápsulas foram encontradas no chão.

Com a presença da polícia, alguns moradores se arriscaram a subir. Com medo, outros fizeram o caminho inverso. Policiais do Departamento Especializado de Homicídios e Proteção à Pessoa estiveram no local apurando o caso. Os corpos foram recolhidos e encaminhados ao Departamento Médico Legal (DML) de Vitória.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

Recentemente a Polícia Militar implantou um Destacamento no morro da Piedade, mas os moradores afirmam que não se sentem seguros, uma mulher de 35 anos, que prefere não ser identificada por medo de represálias, afirmou que todo mundo está em pânico após a morte de três pessoas em um tiroteio na região. “Você não vê quase ninguém na rua, no bairro e nas imediações. A polícia você não vê andando no morro.Quando inauguraram o DPM vimos uns cinco policiais em um dia, mas no outro já não tinha mais”, detalhou a moradora.

Na manhã de terça-feira, após o tiroteio, o clima no morro era de bastante medo durante, pouca gente saía de casa. O policiamento estava reforçado na região da Piedade, mas não havia muitos policiais.

------- CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE -------

Com informações Folha Vitoria | Gazeta Online


FACEBOOK
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

NOTÍCIAS RELACIONADAS