Notícias

Vereadores de São Gabriel da Palha acusados de receberem propina são afastados do mandato a pedido da CPI

Foi durante sessão  extraordinária realizada nesta quarta-feira (27) que a Câmara Municipal de São Gabriel da Palha aprovou o afastamento temporário dos vereadores Tiago dos Santos (Progressista) e Wagner Lucas (SD), respectivamente o presidente e 2º secretário da casa; eles já estão afastados das funções parlamentares por uma decisão judicial desde o último dia 8 de março e continuam afastados até a conclusão dos trabalhos da CPI que investiga a conduta dos vereadores.

O presidente da CPI, vereador Leandro Bragato disse que o afastamento é um pedido da CPI para que os vereadores investigados não atrapalhem e nem influenciem nos trabalhos. “Estamos trabalhando com muita seriedade e assim que for concluído vamos expor tudo para a população, estamos sempre em contato com o Ministério Público, a CPI é formada por nós vereadores e por servidores efetivos da Câmara que auxiliam nos trabalhos administrativos”, disse Bragato.

O projeto de Resolução nº 02/2019 que trata do afastamento dos vereadores Tiago dos Santos e Wagner Lucas recebeu uma emenda com base no  Art. 169 do Regimento Interno que corta o salário dos vereadores no período em que tiverem afastados. Todos os vereadores, exceto os dois suplentes votaram a favor do afastamento dos investigados. O vereador Tiago dos Santos teve sua prisão decretada na tarde de ontem e foi preso em seu depósito de gás pela Polícia Civil, além dele o assessor do executivo, Fabio Junior das Neves também foi preso.

Categorias
NotíciasPolíticaRegional
FACEBOOK