Estado

Receita Federal apreende no Aeroporto de Vitória drogas que vinha de Miami

Entre chegadas e partidas, os aeroportos têm sido usado por traficantes para importar e exportar drogas. Com o aeroporto de Vitória, em Goiabeiras, na Capital, não foi diferente. Na tarde desta segunda-feira (22), 14 tabletes de haxixe, avaliadas em R$ 700 mil, foram apreendidos no local. A droga veio de Miami, Flórida, nos Estados Unidos.

De acordo com o delegado da Alfândega no Espírito Santo, Fabrício Betto, foi por volta das 15 horas que uma equipe encontrou mais de três caixas de som com substância parecida com haxixe dentro dos equipamentos. “Encontramos o material semelhante ao haxixe dentro das caixas em uma mercadoria que tinham também caixas amplificadoras e guitarras, todo material foi apreendido”, afirmou. Segundo o delegado, cada tablete continha 7,08 quilos. “O efeito dessa droga é bem parecido com o efeito da maconha, porém, potencializado”, contou.

Questionado sobre qual região do Estado a droga seria encaminhada, o delegado preferiu não responder para não atrapalhar as investigações, mas destacou que a droga seria para abastecer o tráfico de drogas da Grande Vitória Fabrício Betto relatou ainda que os responsáveis pela empresa de importação e exportação serão ouvidos. “Existem empresas que têm conhecimento do que estão carregando, outras são escolhidas a dedos por traficantes que sabem que a prestadora de serviço é segura, e a empresa acaba sendo enganada e carregando essas substâncias sem saber de nada”, pontuou.

Drogas encontradas

O delegado informou ainda que a droga foi encontrada depois que a equipe passou as caixas de som por um scanner. “Quando passamos os objetos pelo scanner, é possível encontrar fios, metal, peças, mas desta vez encontramos tabletes. Todo processo foi acompanhado pela Receita Federal”, contou.

Destacou que existem formas distintas de vistoriar os materiais que chegam e saem do país, mas preferiu não dizer qual técnica foi usada na apreensão desta segunda-feira (22). O material apreendido foi levado para a Polícia Federal e as investigações continuam.

Com informações: Gazeta Online

Categorias
EstadoNotícias
FACEBOOK